11.00€ 9.90 
Titulo Da Liberdade dos Antigos Comparada com a dos Modernos
Autores Benjamin Constant, António Araújo (Tradução, Introdução e Notas)
Colecção
Pensamento Político
Género
Ensaio
Proposto por
Pedro Bernardo
Editor
Pedro Bernardo
Formato
13x20 cm
N.º Páginas
80
Data
Fevereiro de 2016
ISBN
978-989-99454-3-2
A Liberdade dos Antigos Comparada com a dos Modernos é um dos textos fundadores do constitucionalismo europeu e um dos mais conhecidos do seu autor. O ensaio – sobre as «duas liberdades»: a liberdade dos antigos e a liberdade dos modernos – corresponde a uma célebre conferência pronunciada em 1819 no Ateneu Real de Paris, um dos mais importantes centros difusores dos ideais liberais no período da Restauração e onde Constant era um palestrante assíduo.
Benjamin Constant nasceu em 1767, em Lausanne, na Suíça, numa família huguenote. Teve uma educação esmerada, por tutores privados e nas universidades de Erlangen, na Baviera, e na de Edimburgo. Ao longo da sua vida viria a morar em vários países, entre os quais a França, a Suíça, a Alemanha e a Grã-Bretanha.
Foi íntimo de Madame de Staël, mas também privou com outras grandes figuras do seu tempo, como os expoentes do romantismo alemão, Schiller, Goethe e os irmãos Schlegel.
Constant foi um elemento activo da política francesa, seja como membro do Conselho de Estado, com Luís XVIII, ou como parlamentar, e foi dos primeiros pensadores a intitular-se liberal, advogando uma forma de organização social e política que ia beber ao constitucionalismo britânico.
Sem informação.
Sem informação.
Sem informação
Venha construir esta editora connosco