17.90€ 12.79 
Valor mínimo para apoiar este livro
2
Apoiantes
133
Apoiantes Necessários
Titulo Da Prática e da Contradição
Autores Mao Tsé-Tung, Slavoj Žižek (Introdução), Manuel Freitas da Costa (Tradução)
Colecção
Clássicos do Pensamento Político
Género
Ensaio
Proposto por
Pedro Bernardo
Editor
Pedro Bernardo
Formato
13x20 cm
N.º Páginas Estimado
304
Data Estimada
Março de 2019
Antologia dos textos doutrinários sobre "revolução".
Estes textos revolucionários de Mao de Tsé-tung, que os escreveu numa fase inicial do seu pensamento político-filosófico, formaram boa parte da base teórica da revolução chinesa, sendo que os seus apelos veementes à insurreição fazem com que integrem justamente o cânone de textos revolucionários.

Na sua Introdução, Slavoj Zizek, que recorre, como habitualmente, a um leque amplo de referências culturais e políticas, apresenta-nos algumas conclusões inesperadas, e, porque não dizê-lo, provocatórias, quanto ao lugar de Mao de Tsé-tung no conjunto de grandes figuras revolucionárias.
Mao Tsé-tung foi o 'pai' da revolução comunista na China.
Mao Tse-tung (Shaoshan, 26 de dezembro de 1893 — Pequim, 9 de setembro de 1976) foi um político, teórico, líder comunista e revolucionário chinês. Liderou a Revolução Chinesa e foi o arquiteto e fundador da República Popular da China, governando o país desde a sua criação em 1949 até sua morte em 1976. Sua contribuição teórica para o marxismo-leninismo, estratégias militares, e suas políticas comunistas são conhecidas coletivamente como maoísmo.
Sem informação.
Sem informação
Venha construir esta editora connosco